Sobral inicia elaboração do novo currículo de Ciências com uso de tecnologia

Diretores, coordenadores pedagógicos e professores da Rede Pública Municipal de Ensino de Sobral participaram, na quinta-feira (10), do Seminário de lançamento do projeto Curricular de Ciências, no auditório do campus Mucambinho da Universidade Federal do Ceará (UFC). O objetivo foi apresentar aos educadores de Sobral as etapas de elaboração do novo currículo de Ciências, que visa elevar a qualidade da educação do município para níveis internacionais.

É um momento simbólico, que marca o início da elaboração do currículo de Ciências, com base em pesquisas científicas da Universidade de Stanford. Sobral se prepara para novos desafios e isso passa pela elaboração dos novos currículos de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências e pela adoção do Pisa”, explica o secretário da Educação de Sobral, Herbert Lima.

Na ocasião, os educadores assistiram à palestra magna com o tema “Como o Ensino de Ciências e Tecnologia pode preparar os cidadãos do futuro?”, proferida pelo professor da Universidade de Stanford, Paulo Blikstein, um dos maiores especialistas em tecnologia aplicada à educação do mundo.

O pesquisador defende o uso de tecnologias para envolver os estudantes e estimular a criatividade, inovação e desenvolvimento de soluções para questões da vida moderna nas escolas públicas municipais. “Em Sobral, queremos fazer um documento curricular de Ciências muito mais avançado que a Base Nacional Comum Curricular, que é muito tímida. Nossa proposta é que a Ciência e Engenharia estejam juntas para envolver os alunos no fazer, valorizando a criatividade e respeitando as fontes locais de conhecimento”, afirma Paulo Blikstein.

IMPLANTAÇÃO DE LABORATÓRIOS

O novo currículo de Ciências contará ainda com a implantação de laboratórios pilotos em duas escolas da Rede Municipal de Ensino, que subsidiarão estudos para contribuir com a escrita do documento curricular de ciências, inserindo a tecnologia nas práticas pedagógicas das escolas. O documento será elaborado por um grupo de trabalho formado por professores da Rede Municipal de Ensino de Sobral, com consultoria de especialistas da Universidade de Stanford, em parceria com a Fundação Lemann e da Universidade Federal do Ceará.

Nesta sexta-feira (11), está sendo realizada uma oficina sobre os laboratórios pilotos que serão implantados em duas escolas de Sobral, utilizando a metodologia FabLearn Labs, que envolve práticas de Ciências e Engenharia de forma interdisciplinar. Participam da oficina o secretário da Educação, Herbert Lima, um grupo de técnicos da Secretaria da Educação, professores de Ciências, representantes da Universidade Federal do Ceará e da Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional.

Carregando …